fimdeano2

Nesta quinta-feira, 31 de dezembro, os discípulos do MIR receberam com esperança o ano da Reforma, 2016. Apesar do cenário político e econômico do país se mostrar caótico, a fé dos discípulos restaurenses se une aos decretos proféticos de seu pastor, o Apóstolo Renê Terra Nova, que entusiasticamente conduziu o culto de gratidão, pelo ano que se foi, e clamou a Deus por um tempo de milagres para os Filhos de Deus. “O Ano de 2016 será terrível para o ímpio, mas perfeito para os justos”, declarou o Ap. Renê Terra Nova.

Um resumo dos decretos – Começando em Salmos 112:6, onde diz que o justo jamais será abalado, o Apóstolo Renê Terra Nova, passou para a Igreja os decretos para o ano de 2016. E continuou:

“2016 será um ano difícil para o ímpio, mas será perfeito para o justo, aqueles que confiam no Senhor (Is. 33:16).  Deus está no governo, por isso, não devemos temer (Malaquias 3:17).  Como sempre fez na historia, Deus levantará um provedor para Nação (Is. 45:1-3). Ainda que seja abalada, Deus guardará todas as famílias que chamam pelo Nome dEle e não negaram a fé e Sua palavra (Sl 37:11). O Eterno caminhará ao lado dos retos de coração e se afastará dos que juram falsamente pelo Seu nome (Is 43:8-13). A Nação brasileira será limpa e o sonho de se ter uma Nação justa ainda não morreu, pois o Senhor ampara o órfão e a viúva (Zc 7:10). Há um remanescente no meio do arraial do povo de Deus, que receberão o Seu favor e serão usados por Sua Palavra (Is. 48:11). Somente precisamos voltar a ouvir a Sua voz, pois o Tabernáculo de Davi será restaurado (Am 9:11,12). E, finalmente, 2016 será o Ano do Milagre do justo, pois eles se alimentam dos milagres do Altíssimo” (Is 26:1-3).